Resenha #16: O encontro


Título: O encontro
Autora: Richard Paul Evans
Editora: LEYA – selo Lua de papel
Páginas: 231
Sinopse:Alan Christoffersen é um jovem publicitário bem-sucedido, comanda sua própria empresa, ao lado do sócio, e é loucamente apaixonado por sua esposa, McKale. Sua vida parece perfeita até que ocorre um terrível acidente enquanto ela montava à cavalo. Alan larga tudo para acompanhar o tratamento da esposa, momento em que Kyle, seu sócio, aproveita para roubar todo o dinheiro da empresa. Então McKale morre. Arrasado, sem a mulher que amava e traído pelo sócio ele se vê sufocado naquele lugar. Então sai de casa sem rumo, com uma mochila nas costas, e inicia uma longa caminhada em direção ao sul. Era uma busca por respostas e um tempo para tentar pensar o que fazer. Durante o caminho ele faz descobertas impressionantes sobre seus sentimentos, conhece pessoas incríveis e vislumbra novamente um sentido para a sua vida. Ele encontra dentro dele algo que jamais lhe poderia ser tirado novamente. Escrita por Richard Paul Evans, autor Best-seller do The New York Times, O Encontro é a primeira história série The Walk, que traz neste primeiro livro uma história emocionante sobre o que fazer quando surgem grandes adversidades na vida e o que podemos aprender com esses momentos

Resenha:


Triste e emocionante. O encontro  é o tipo de obra que te faz pensar e repensar sobre suas atitudes, vida... É um livro que nos mostra o quanto é preciso perder para dar valor e encontrar a nós mesmos.
“Meu nome é Alan Christoffersen. Você não me conhece. “Apenas mais um livro na biblioteca”, meu pai diria. “Não aberto e não lido.” Você não faz ideia da distância que percorri e tudo o que perdi. Mais importante, você não faz ideia do que encontrei.”

O livro conta a história de Alan Christoffersen, um homem que tinha a vida de seus sonhos e a vê desmoronar diante de si em um piscar de olhos.
Sua mulher – McKale, quem amava muito – sofre um acidente e à partir daí que tudo sai do rumo.

O sócio de Alan aproveita que o mesmo se ausentou da empresa para acompanhar a esposa e rouba todos os clientes da empresa. Como se isso não o desesperasse o suficiente, sua esposa vem a óbito.

Alan sente como se seu mundo houvesse desaparecido. Tomado pelo desespero, o mesmo decide tirar sua própria vida; porém, uma promessa feia a McKale o impede.
Sem nenhuma ideia de como tocar sua vida ou como recomeçá-la, Alan decide sair apenas com uma mochila em uma caminhada em busca de respostas e refletindo sobre toda sua vida.

O autor tem uma ótima narrativa, o que sem dúvidas é um dos pontos fortes do livro. O mesmo é narrado em primeira pessoa e a narrativa flui muito bem e nos faz sentir tudo o que o personagem principal sente. Confesso que derramei muitas lágrimas ao decorrer da leitura. Quem já perdeu pessoas que amava muito também o fará, acredito eu.

A diagramação da obra é simples, mas, muito bonita. 

Encontrei apenas dois pontos que sequer podem ser considerados negativos, mas, que queria ressaltar.

O primeiro foi a questão da caminhada. De alguma forma, me lembrou muito “Um homem de sorte”, mesmo os motivos que levaram os personagens a caminharem serem bem diferentes.

O segundo ponto é que senti falta de momentos que tirassem meu fôlego. Não me  entendam mal, o livro é sim emocionante, mas, talvez pudesse ser um pouco mais.

Quero agradecer a editora pela chance de ler esta obra e aproveitar para indicar a todos vocês leitores do blog .

Esta é uma série de quatro livros independentes e sem dúvidas vou ler os próximos lançamentos da mesma.

Se você gosta de livros bem escritos, emocionantes e que lhe trazem muitos ensinamentos e lições que levará para a vida, você encontrou sua próxima leitura.  Recomendo muito este livro.

“Todas as quedas-d´água são temporárias. Um dia tudo isso terá sumido, e o fluxo da água irá simplesmente passar transição suave, de um lugar para outro. Todas as coisas passam com o tempo.”

Book Trailer


23 comentários:

  1. Olá!! Gostei muito deste livro, achei uma leitura leve e que nos faz refletir sobre alguns aspectos de nossa própria vida. Foi bom ler sua resenha e poder ver outras opiniões sobre esta obra.

    Beijos,

    Paula

    http://tri-books.com

    @Tri_Books

    ResponderExcluir
  2. Polly, que resenha mais perfeita! Amei os quotes! Amei este: "Você não faz ideia da distância que percorri e tudo o que perdi. Mais importante, você não faz ideia do que encontrei" Assisti o book trailer também e achei lindo! Senti pena do personagem antes mesmo de começar a ler, a propósito, quero ler em breve *_*
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Vi esse livro na hora que fui comprar os meus novos, mas acabei não comprando e escolhendo outro, não sei, a sinopse não me convenceu. Talvez ainda leia, mas sem muito entusiasmo com ele. Adorei a resenha e adoro seu blog, apesar de comentar pouco rs. :/

    Beijos
    @SerieWonderland
    http://seriesinwonderland.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Polly!
    Gostei da sua resenha, sensível e sincera. Acredito que esse livro traga uma mensagem muito bonita pelo que você falou, e que, apesar de não ter momentos arrebatadores, pode ser positivo para pessoas que passaram ou passam por momentos difíceis, e para aquelas que não dão valor ao que tem.
    E que capa linda!
    Beijos... Elis Culceag. www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, gostei da resenha, ainda não conhecia o livro, mas deu para ter uma ótima noção sobre o que se trata. Realmente parece ser um livro emocionante e bem escrito, mas não sei se leria nesse momento, tenho lido muitos livros do gênero atualmente :p Mas a dica está anotada :)

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Polly!!
    Gosto muito dos livros que nos levam a reflexão,a resenha está perfeita como sempre,com muita
    sensibilidade.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. pela resenha vi o que o livro é muito bom ^^ ai quero ler rssr

    http://garotoonerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Temos gostos parecidos né? Sempre escolhemos os mesmos livros! eheheh :p Pior que pra esse mês eu não faço ideia de qual escolher, com certeza eu escolheria A Promessa, mas já li.
    Eu pensei que os próximos livros fossem uma continuação, já que a história acabou daquele jeito e o Alan nem chegou no lugar ainda, mas sei lá heheh.
    Você viu as fotos no facebook? Num geral eu imaginei os lugares diferente hahahaah =x
    Concordo com você, realmente às vezes precisamos perder para dar valor.
    Também gostei da sua resenha :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, Pollyanna.
    Antes da sua, tive a chance de ler apenas uma resenha sobre este livro e suas opiniões são parecidas. Quando conheci o livro, também lembrei de "Um Homem de Sorte", mas por algum motivo a outra resenha tirou essa ideia, mas... pelo menos a ideia principal é bem diferente.
    Acho que todos nós tivemos essa vontade de "sair sem rumo", principalmente quando perdemos alguém, como você bem citou.

    Beijos e parabéns pela resenha.
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Polly,

    Enquanto lia a sinopse, também achei um pouco parecido com o Um Homem de Sorte. Parece ser um livro muito bom, adoro livros emocionantes, mesmo que eu que não me emociono muito fácil enquanto leio. A capa também é muito linda, na minha opinião. E esse book trailer super lindo, meu Deus, fiquei curiosa para ler.

    Beijos,
    Sonhos de Garota

    ResponderExcluir
  11. Eu li esse livro no começo do mês passado e nossa, eu GOSTEI muito. Primeiro, como você disse, a narrativa é maravilhosa. Me envolvi muito com ela.
    É, o livro não teve muitos picos de emoção, não me levou a ficar chorando e chorando. Mas acho que isso é porque eu acabei tentando superar aquela perda junto com o personagem.
    Só sei que eu também lerei os outros volumes do livro! ;D

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  12. Tenho ouvido falr muito bem desse livro. Me chama muito atenção, gostaria muito de ler ele! ADOROOO!

    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Polly
    eu meio que me decepcionei com o autor em A promessa, e fiquei receosa em ler este livro.
    Mas gostei do fato de ser narrado em primeira pessoa. Talvez eu leia.
    Amei a resenha
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi Polly!!!
    Tua resenha ficou ótima, parece uma leitura maravilhosa, gostei muito e vou procurar para ler.
    Gostei bastante da capa também e mesmo que o livro não tenha momentos de tirar o fôlego, parece uma narrativa bem emocionante!
    Um beijão
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  15. Todos estão falando que essa leitura é maravilhosa!
    Apesar da premissa meio triste, tenho vontade de ler. E não sabia que os livros da série eram independentes! Vou conferir na certa.

    Beijitos

    ResponderExcluir
  16. Aaaah só a capa desse livro já é lindíssima!!
    Me parece bem emocionante, poxa a vida dele desmorona mesmo neh?
    Com certeza choraria muito (eu sou fraca rsrs)
    Adorei a resenha, com certeza é um livro q eu leria ;)

    Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
    http://falleninme.blogspot.com/ Desde já obrigada!

    -PatyScarcella

    ResponderExcluir
  17. Minha primeira vez no blog, então não poderia deixar de comentar! *-*
    O livro parece ser bem interessante e realmente muito emocionante. Sua resenha me instigou a lê-lo!

    Aproveito o recado para convidar a conhecer o meu blog e ver o primeiro vídeo gravado para o mesmo.
    http://buttercupdegalocha.blogspot.com.br/2012/07/primeiro-video-para-o-blog.html

    Um beijo
    Te espero por lá!

    ResponderExcluir
  18. Oi Pollyana!
    Eu nem tinha pensado em Um Homem de Sorte quando li esse livro, achei muito legal a conexão que você fez.
    Eu acho que o momento que tirou meu fôlego foi o final ^^ Por isso quero ler a continuação logo.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  19. Eu estou bem curiosa para ler esse livro, bastante gente tem falado bem dele! Mas a caminhada realmente lembra Um Homem de Sorte.


    beijos
    Luana - Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  20. Oi Pollyana!
    Ah já tem um tempo (dias rs) que quero ler esse livro e pesquisei algumas resenhas, fiquei com mais curiosidade.
    Gostei bastante da sua resenha, e uma coisa que me deixou também curiosa foi essa conexão que você fez com o livro Um homem de sorte que também ainda não tive oportunidade de ler.
    Beijos
    Bom final de semana.
    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Que resenha gostosa de ler.

    Você colocou os principais pontos positivo, e indicando os negativos, ainda manteve meu interesse na leitura.

    Já vi vários comentários positivos deste livro, e espero ler em breve.


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books
    @c_i_d_a

    ResponderExcluir
  22. Olá Pollyanna!

    Parece que livros assim estão me perseguindo esses dias, todas as resenhas que leio são de livros mais puxados para o drama e o que estou lendo é assim também. Não tive muita vontade de ler O Encontro, mas vejo muitas pessoas falando bem dele. E entendo o que você quis dizer com a falta de 'momentos de tirar o folego', eu preciso de estórias assim... rs

    Beijos,

    Marcelle
    http://bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Polly!
    Demorei a retribuir a visita, mas estou aqui! \0/
    Estou louca para ler este livro.
    A sinopse dele me atrai muito. E sua resenha só aumentou meu desejo de lê-lo.
    Vou tentar comprá-lo amanhã! *-*
    E esse book-trailer? Muito bonito, ainda não tinha visto.
    Beijos.
    :*

    ResponderExcluir