Resenha #9: Para sempre Ana

Antes de realmente começar essa resenha, queria pedir desculpas pela ausência no blog. São vários os motivos, desde a faculdade até alguns problemas pessoais,mas, o que mais me atrasou de fato foi não saber o que escrever na resenha desse livro... Enfim! Espero que não fique muito ruim.


Sinopse:  Na mística Três Luzes, o leitor percorre inicialmente três momentos afastados no tempo, onde três homens, de três gerações da família Rigotti, experimentam situações-limite pela influência de uma mesma mulher: Ana. A partir daí, a narrativa o leva a uma instigante viagem, nem sempre linear, entre meados do século XX e o início do XXI, na qual os dramas, o passado, o verdadeiro caráter e os segredos de cada personagem são pouco a pouco desnudados. A trama é conduzida pela busca de Ana e pela busca por Ana, forasteira misteriosa que abala os triluzianos e cuja trajetória se funde à dos demais em uma história carregada de luzes e sombras. A busca de Ana arrebata as emoções; a busca por Ana arrebata os sentidos. E ambas surpreendem. Sempre que tudo parece esclarecido, detalhes antes considerados sem importância provocam uma reviravolta geral na história. Até o último capítulo. Descubra se os mais atordoantes segredos de Três Luzes estão mesmo nos céus ou no fundo da alma de seus moradores. 
Autora: Sergio Carmach


Resenha:Quando eu e a Thaís, do blog Devoramos livros nos propomos a fazer a leitura desse livro, o autor nos enviou de forma rápida o exemplar para que pudéssemos ler sua obra.  Então, desde esse início, quero deixar aqui meu muito obrigada ao Sergio por ter dado esta oportunidade a nós duas.

Desde já, quero deixar bem claro que assim como as outras resenhas anteriores, que esta é apenas minha opinião, e que de maneira alguma quero que deixem de ler nenhuma das obras que resenho por alguma eventual crítica. Aconselho a todos a lerem o livro (caso gostem do gênero) sem preconceitos. 

Eu particularmente me decepcionei com esse livro. Não que não seja uma boa estória, de maneira alguma. Este livro tem uma trama muito bem montada, apesar de o fim ter me decepcionado também. O problema é que eu já tinha outra visão do livro, por algumas resenhas que li, então fui cheia de expectativas, o que sempre faz com que eu tenha uma futura decepção, mas, vamos lá.

O livro não é um livro linear, o que nos faz ter a visão de Ana e seu real envolvimento com cada um dos Rigotti e a maneira que marca a vida de cada um deles. Como já dito na sinopse, o livro se passa em sua maioria na mística cidade de três Luzes, onde Nestor e sua família vivem.

É no cenário dessa cidade de interior que vemos Caio Rigotti surgir na estória, a procura de sua mãe Ana Rigotti. A partir da aparição do terceiro Rigotti é que vemos a trama se desenvolver ao virar de páginas.
Sérgio Carmach tem uma maneira tanto quanto especial de narrar os acontecimentos, o que de fato me agradou bastante. Sua narrativa flui rápido, só o que tenho a ressaltar nesse ponto é a linguagem usada, que algumas vezes me pareceu formal demais, por exemplo, em um tratamento familiar.

 Geralmente prefiro narrativas em primeira pessoa, mas, intendo que neste livro foi necessário o uso da terceira pessoa para que se tivesse uma visão mais ampla da história. Se a mesma fosse narrada por um dos personagens, talvez tivesse perdido sua essência.

A maioria dos personagens são muito bem trabalhados e esse é outro ponto que me agradou bastante no livro.

Os encontros e desencontros são emocionantes e marcantes, e quando você pensa que já entendeu a história, uma série de novos fatos surgem fazendo com que você se surpreenda.

Não vou discorrer mais sobre a obra para que não tenham spoilers por aqui. As surpresas deste livro são seu ponto mais marcante. 



Aproveitando esse post, queria deixar aqui um Feliz Dia Internacional das Mulheres para todas as leitoras e blogueiras que sempre passam por aqui! Parabéns a todas nós por nosso dia ;)

9 comentários:

  1. Obrigada flor,parabéns por sua resenha, nunca li esse livro, e você tem todo o direito de gostar ou não.Quando a gente vai ler um livro não é bom ter muitas expectativas, o bom mesmo é se surpreender.Já aconteceu isso comigo.

    Um xero! Sinceridade acima de tudo!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Pollyanna! Já li Para Sempre Ana e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Não li "Para sempre Ana", mas parece ser uma estória bem interessante.
    Amei a resenha!
    Parabéns pela resenha!
    Grande Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Polly!
    Adorei a sua resenha!!
    Não conhecia esse livro, parece ser bem interessante e espero ter a oportunidade de ler algum dia.
    Adoro livros narrados em terceira pessoa, até prefiro porque dá para ter uma visão mais global da história.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela resenha.
    Já vi muitas resenhas elogiando o livro, mas não sinto "aquela" vontade de lê-lo.
    Talvez no futuro eu venha a dar uma chance a ele.
    Gostei da sua sinceridade, afinal gosto é de cada um.

    Bjinho,
    pirigueteliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, adorei sua resenha. Estou doida pra ler o livro, só estou esperando ter tempo. Também agradeço o autor pela nossa parceria!

    Beijoos.

    http://devoramoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro
    Mas pela dua resenha, fiquei bastante interessada
    Espero ter oportunidade de ler!

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, uma pena que você se desapontou com o livro. :/ Mas é assim mesmo, espero que suas próximas leituras te tragam mais prazer do que essa. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  9. Estou com o livro aqui para ler e é bom ler resenhas para saber o que esperar e o que não esperar. Sua resenha esclareceu todas as minhas dúvidas e agora estou ainda mais animada para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos.
    http://amoressobrenaturais.blogspot.com/

    ResponderExcluir